Últimas Produções

Até já...

Sejam imensamente felizes...

Era uma vez...

A bicicleta verde

Volta

Por favor entra

Deixa-me olhar-te/acordar...

Frágil

Lista de sonhos

Começar de novo

Baú da Princesa

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Quarta-feira, 2 de Julho de 2008

Deixa-me olhar-te/acordar-te

 

Passo horas deitada. Passo horas a olhar-te. Eu olho-te e tu dormes.
 
            Por vezes tenho uma vontade louca de te dar beijos e mais beijos. Ás vezes só te quero acordar com beijos. Nem sabes quanto tempo resisto até te acordar, finalmente, com beijos pequeninos, beijos suaves, beijos repenicados, beijos… Não consigo resistir a acordar-te com beijos só para poder ver os teus olhos pousados nos meus.
 
Mas também há as outras vezes. Há aquelas vezes em que te sinto distante, em que te sinto, especialmente, distante. Ás vezes, enquanto te olho procuro em mim aquela vontade incontrolável de te encher de beijos...mas não a encontro. Ás vezes, enquanto te olho tento procurar em mim outro sentimento que não alheamento…mas não encontro.
 
            Não chego a conseguir perceber o porquê de ainda estar contigo. Não chego a conseguir perceber a dor que ainda tenho. Não chego a conseguir perceber porque não me levanto e me vou embora, deixando, simplesmente, de te olhar.
 
            Sei que não irias atrás de mim se me fosse agora embora.
            Sei que me arrependeria se me fosse agora embora.
            Sei que não te poderia voltar a acordar com beijos se me fosse agora embora.
            Sei que não voltaria a ver os teus olhos pousados nos meus se me fosse agora embora.
            Sei que não voltaria a ter aquele sorriso que só tu me dás.
 
 
            Não sei porque te continuo a amar se não me amas, nem porque não me canso de te olhar enquanto dormes.
 

publicado por Flá às 20:10

link do post | favorito

De Sofia a 4 de Julho de 2008 às 11:38
Não te cansas de olhar porque o amor é sempre mais forte do que todas as coisas más que aconteçam. E supera sempre (ou quase) os obstáculos que algum dia venham a existir.

O texto está lindo como sempre :D

P.S.: Sabes, hoje falta 1 mês e 10 dias para aqui a Sofiazinha fazer 17 anos huehuehue

Beijinhos


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

Pesquisa

 

Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


tags

todas as tags

Favoritos

Uncensored

Links

blogs SAPO
RSS