Últimas Produções

Até já...

Sejam imensamente felizes...

Era uma vez...

A bicicleta verde

Volta

Por favor entra

Deixa-me olhar-te/acordar...

Frágil

Lista de sonhos

Começar de novo

Baú da Princesa

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Hit Counter

free hit counter code
free search engine submission

Get your own Poll!
TugaTop - O melhor sitio para divulgares o teu site!
Locations of visitors to this page
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Sexta-feira, 23 de Maio de 2008

Sonho

 

Dizes-te culpado pela morte dos meus sonhos, mas não, não, Adorável, não me mataste os sonhos. Mataste outras pequenas coisas, que talvez até fossem mais importantes...

            Foste tu quem me devolveu a capacidade de sonhar, como o cirurgião que devolve a capacidade de ver. Reinventaste-os de ti para mim, estão agora melhores que os que um dia tinha sonhado sozinha, estão agora melhores que os que perdi por ninguém os querer sonhar comigo.

            Pena já não me servirem, pena os teres já esquecido, pena já não os quereres, pena eu desejar não os querer também.

tags:

publicado por Flá às 18:47

link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De dolce_vita a 15 de Junho de 2008 às 00:56
Simplicidade é também escrever assim ,desta forma tão encantada...mesmo que sonho sejasó nosso.Bom domingo
RS


Comentar post

Mais sobre mim

Pesquisa

 

Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


tags

todas as tags

Favoritos

Uncensored

Links

Dá-me uma palavra...


blogs SAPO
RSS