Últimas Produções

Até já...

Sejam imensamente felizes...

Era uma vez...

A bicicleta verde

Volta

Por favor entra

Deixa-me olhar-te/acordar...

Frágil

Lista de sonhos

Começar de novo

Baú da Princesa

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Hit Counter

free hit counter code
free search engine submission

Get your own Poll!
TugaTop - O melhor sitio para divulgares o teu site!
Locations of visitors to this page
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Terça-feira, 12 de Junho de 2007

Hoje...

            Hoje a tua imagem voltou a passar-me pela cabeça, hoje a saudade apertou mais um bocadinho, hoje quis ter-te como em tempos tive, hoje voltei a chorar…

            Parece que todos os dias me lembro de coisas novas, é como se tivessem acontecido no dia anterior, antes também parecia que íamos ficar juntos e felizes para sempre e tal não aconteceu, estou mais só que nunca…afinal só me lembro de coisas diferentes, porque nada de novo aconteceu desde que…desde que me deixas-te.

            Hoje lembrei a altura em que dizias que éramos mais que noivos, porque isso era apenas um pequeníssima parte do que éramos juntos, do que éramos um para o outro.

            Deste o nosso futuro a dois certo durante tanto tempo que acabei convencida de que ia, mesmo, ser tudo perfeito, como o quadro de descrições que pintavas na altura.

            Sempre me magoou o facto de apenas me teres escrito um poema, enquanto que para as outras…para as outras nunca os consegui contar, sempre achei que nunca conseguiria ter para ti a importância que elas tiveram, afinal talvez tivesse razão.

            E dizias tu que me amavas, e acreditava eu em tudo o que me dizias, pobre louca.


publicado por Flá às 18:34

link do post | comentar | favorito
|

11 comentários:
De Flá a 12 de Junho de 2007 às 18:41
Parece que afinal não deixo de publicar as minhas coisinhas...parece que o ultimo post foi mesmo um desabafo de um momento mau, mau de mais.


De Pedro Leitão a 12 de Junho de 2007 às 18:44
flávia, tens que parar para pensar onde é que acaba o fingimento e onde começa o que sentes realmente. Assusta-me o que dizes, pela verdade com que o dizes, quando no que dizes não há verdade alguma. Amo-te flávia. Não finjas que não.


De Flá a 13 de Junho de 2007 às 18:08
Tu melhor que ninguém sabes que há verdade no que digo.


De Pedro Leitão a 13 de Junho de 2007 às 19:40
não há verdade em comparares-te a outras pessoas, porque és diferente.
não há verdade em dizeres um dia que não te amei, porque te amo.

amor... nunca te esqueças do que é fingimento e do que não é...

amo-te pimpolha(L)


De Flá a 13 de Junho de 2007 às 20:03
eu sei bem onde acaba o fingimento e começa a realidade, tu também o consegues distinguir nos meus textos...mas nos teus poemas não m parece que houvesse fingimento algum...e não deixas de ter escrito apenas um para mim, ainda que o consideres o melhor...ainda que tenhas usado sentimentos de outras pessoas para escrever alguns, esses alguns não são todos, e se te pareceu que meti o fingimento como sendo verdade enganaste, tu melhor que ninguém devias saber que misturo realidade e ficção apenas para escrever. tenho pena que não tenhas percebido.
tu sabes que tenho medo de te perder, tu sabes que às vezes tento combater a minha insegurança mas acho que nunca te disse que o faço escrevendo sobre coisas de que tenho medo que aconteçam, tudo para que depois num puro gesto teatral e quase plástico impinja a mim mesma que aquilo não é medo, não é insegurança...é apenas fingimento poético, e que nunca vai acontecer. beijo e não me chames pimpolha em publico XD


De inesantosiej a 13 de Junho de 2007 às 13:25
quando estamos apaixonadas acreditamos que ha homens diferentes. Mas ja passei por varias experiencias e a maior parte dos meus amigos são rapazes (a nha turma e constituida por 23 rapazes e 3 raparigas .lol) por isso eu sou forçada a concordar com o ditado popular: "os homens sao todos iguais". Os rapazes amam mais a sua solidariedade masculina do que as mulheres. Os amigos sao tudo para eles. As mulheres nao passam de um passatempo. Sempre pensei que nao fosse assim (coitada de mim... via muitas telenovelas), mas fiz uma especie de estudo particular e cheguei a essa conclusao. Os rapazes podem se chatear uns com os outros... ate podem andar a porrada, mas passados 5 minutos já tao a dar um aperto de mao e na bubadeira uns com os outros. Eles seguem uma norma que é: "Deus criou as mulheres para fazerem companhia ao Homem". Divertem-se um bocado com elas e pronto, depois deitam nas fora. Ma e nós mulheres? somos o que? um simples trapo sujo? Naaaaa... Nao somos menos que eles. Tambem precisamos da sua companhia, mas nós somos muito sensiveis, e quando amamos, amamos a sério e sofremos. Ate rastejamos aos pes deles se for preciso só porque o nosso coraçao assim manda. Por mais mal que nos fassam ficamos sempre a pensar k se calhar nao foi por mal. Alguma vez um homem se sentiu assim como uma mulher se sente? nao, nunca! Nós mulheres podemos ficar xateadas eternamente umas com as outras por um homem. mas eles... jamais. desculpa por o meu coment ser tão xato, mas é o que penso, mesmo amando um homem tambem.
bjinhus
fika bem
***


De Flá a 13 de Junho de 2007 às 18:07
Não tenhas medo de ser chata, não o és, pelo menos eu não o acho e os teus comentários são sempre bem vindos. beijo


De daplanicie a 14 de Junho de 2007 às 12:05
De volta a escrita a que nos habituaste. Bué fixe!!


De girlL a 23 de Junho de 2007 às 13:14
nao te preocupes porque aprecio bastante os teus comentos e agradeço que sempre que possas os comentes.
EXAMES NACIONAIS??? entao es muito nova.... pensei, sem ofensas que fosses um pouco mais velha, Nao me queras tu dizer a tua idade??
é um pedido que deixo a teu encargo.


bjnhu xD


De EmAnUeL LoP3s a 29 de Junho de 2007 às 11:37
fico a espera das tuas dics beijos


De XD a 13 de Setembro de 2007 às 00:27
hoje....
nao sei o k dizer
por ixo escrevi isto


Comentar post

Mais sobre mim

Pesquisa

 

Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


tags

todas as tags

Favoritos

Uncensored

Links

Dá-me uma palavra...


blogs SAPO
RSS